19 outubro 2006

Uma grande equipe de super-heróis

Taí um grupo de heróis que não dá margem pra meios-termos: ou você ama ou odeia os Thunderbolts.

Confesso que eu me encaixo na primeira opção. Como já foi dito por aí, as aventuras dos T-Bolts são histórias em quadrinhos de super-heróis com cara de histórias em quadrinhos de super-heróis. Daquelas as quais eu me acostumei a ler na infância e que deixaram saudades.

E tem sido um prazer encontrar mensalmente a equipe nas páginas de Universo Marvel. O roteiro simples (heróis na porrada com vilões a cada três páginas), desenhos nada realistas e colorização sem muita frescura de efeitos. Ou seja, o básico que, a mim, faz falta nos quadrinhos de super-heróis da atualidade, salvo raras e honrosas exceções. E, cá pra nós, curto bastante o conceito de vilões que se transformam em mocinhos (até hoje não aceito o fato de o Homem-Areia voltar a ser um bandido escroto).

Fui um dos que espernearam quando os persoangens deixaram as bancas brasileiras, ainda na época da Abril, e agora posso dizer que a espera pelo retorno dos T-Bolts valeu a pena.

Considero bem empolgante a fase atual desses instigantes super-heróis, e tudo o que quero é que muitos leitores pensem o mesmo, pra que os Thunderbolts continuem sendo publicados por bastante tempo no Brasil.

A sorte está lançada.

7 comentários:

alexandre ribeiro disse...

ramone, é uma pena que vários arcos contendo formações distintas dos t-bolts não tenham sido publicadas aqui no brasil.

Marcus Ramone disse...

E duvido muito que ainda sejam publicados. :o(

Sérgio Codespoti disse...

E vamos torcer pra que a fase do Warren Ellis, que começa em breve, seja boa, não é?

Anônimo disse...

É questão de gosto, mas depois de ler coisas como Lobo Solitário, V de Vingança, Sandman etc., acho muito difícil gostar deste tipo de quadrinho. É raso demais!

Marcus Ramone disse...

Bem, anônimo, são estilos tão distintos que não há nem o que comparar. E eu me referi a quadrinhos de super-heróis.

Anônimo disse...

Mas mesmo em super-heróis há coisas bem mais interessantes, na minha opinião.

Marcus Ramone disse...

Isso é verdade, mas essa simplicidade e o sabor meio antigão das histórias dos T-Bolts me agradam bastante. E, sim, sou saudosista pra caramba. :o)