27 janeiro 2008

Com a palavra, Wander Antunes

Recentemente, o Nasi criou um post no qual mostrava-se surpreso pelo fato de o ótimo Wander Antunes ter sido escolhido como melhor roteirista de 2007 numa eleição feita pela revista Mundo dos Super-Heróis.

Isso porque a cédula trazia a seguinte mensagem: "A votação é exclusiva para trabalhos com tema de HQs de super-heróis e de aventura. Não vale quadrinhos de humor, terror, mangá ou outros".

Bem, o próprio Wander Antunes me escreveu para comentar o assunto. Segue seu depoimento abaixo:

Oi, Sidney, quanto tempo, né? Feliz 2008 proceis. Cara, tentei enviar pro blog do UHQ, mas não rolou, então tomaí.

Então, fui o melhor roteirista brasileiro de supers de 2007? Papagaio! Olha, escritor escreve. Depois que o trabalho vai pra rua cada um lê e interpreta com quiser, né? Mas, enfim, mesmo sendo ruim nesse negócio de classificar as coisas em gênero, diria que tanto o Zózimo como o Solano são mais crônicas de costume do que qualquer outra coisa. E que tão bem longe de serem HQs de super-heróis.

Enfim, agradeço a lembrança, os votos e tudo mais. Mas, a meu juízo, não sou o melhor roteirista de super-herói - gênero que aprecio bastante - de 2007.

Abs

Wander

3 comentários:

Bone disse...

Taí. O próprio autor falou tudo. Ele mandou bem mesmo, mas super herói não mesmo! =)

Bruno Flores disse...

Depois da marmelada que foi o Ângelo Agostini (como o melhor roteirista de 2007 não ter publicado nada em 2007), a vitória de Wander Antunes pelo menos coloca um pouco de justiça nas coisas.

Sidney Gusman disse...

Aliás, Bruno, o fato de o Wander não ter vencido o Angelo AGostini de roteirista, só me deixa cada vez mais cabreiro com o que estão fazendo com este prêmio!