01 outubro 2008

A Patota está no Museu dos Quadrinhos

A coluna desta semana do Universo HQ fala sobre a trajetória da revista Patota (Editora Artenova), publicada durante a década de 1970, com 27 edições.

O foco da revista eram as tiras, com personagens e séries de grande sucesso - algumas são publicadas até hoje.

Para quem já conhece ou para quem nunca viu, seguem abaixo algumas tirinhas, complementando o texto apresentado.

Portanto, tire alguns minutos do seu tempo, retorne ao passado e divirta-se!

Hagar

Na tira logo abaixo, confira a "brilhante" tradução adotada na revista.

Que beleza de adaptação de texto!

















Marly


























Kid Farofa
















Dr. Fraud











Mãi...e!


















O Mago de ID













B.C.













Eek e Meek













Mafalda











Peanuts













Os Desligados













Rua da Alegria











Figments













Frank e Ernest






9 comentários:

Marcel Borges disse...

Muito boas mesmo! Essa segunda página da Marly é ótima! A tensão/humor vai crescendo com a chegada de cada namorada e culmina num final cheio de sutis interpretações de duplo sentido excelentes!

Toni Rodrigues disse...

As traduções tem muitas vezes um sabor meio Hippie, bem da época, mas de maneira geral são todas muito boas. E olha que traduzir humor é muito mais difícil do que traduzir histórias em continuidade. Pena que os artigos que saiam na revista eram muito ruins e cheios de erros, porque a parte das tiras era ótima, até por terem pegado os personagens muitas vezes em pleno auge criativo de seus autores como Thaves em Frank e Ernest, que nunca mais foi tão bom quanto em sua primeira fase. O mesmo vale para Hagar e O Mago de Id, outras séries da revista.

Toni Rodrigues disse...

Ah, esse "merda" no Hagar deve ter sido uma vingança do letrista que não foi pega na revisão. Por muito menos que isso as revistas eram recolhidas das bancas na época, não creio que o editor tenha visto.

Sidney Gusman disse...

As da Marly e do Dr. Fraud são impagáveis! Nara, qualquer dia peço umas revistas Patota emprestadas pra ler e voltar no tempo!

Bela coleção!

Abraço

Sérgio Codespoti disse...

Naranjo, ficou sensacional.

Marcelo Naranjo disse...

Marcel, a Marly é bem divertida, mesmo. Tem muito mais na coleção.
Toni, assino embaixo: toda tira tem sua "fase de ouro", e tem muito disso na Patota. Talvez por isso Calvin tenha acabado no auge!
Sérgio e Sidão, que bom que gostaram.

João Defunto disse...

Que fantástica são essas tirinhas! Bem que a L&PM poderia re-lançar esses personagens em seus pockets.

Essas tiras me trazem uma imensa saudade da época em que O Globo e o Jornal do Brasil traziam uma página inteira de tiras durante a semana e um suplemento colorido aos domingos! Cheguei a ter uma piha de quase um metro de páginas de jornais com essas tiras, mas elas foram perdidas em uma mudança.

Conforme dizia o Lilico com seu bumbo: "tempo bom, não volta mais..."

Victor disse...

Muito legal! Valeu Naranjo! A Mafalda nas duas tiras mostra porque é um personagem imortal!

me disse...

meu pai inda tem umas edições ´muito antigas da patota... fico muito feliz que vcs falaram sobre essa revista. ela era ótima