05 setembro 2007

Atacando de roteirista

É muito comum me perguntarem em entrevistas se faço quadrinhos. Sempre respondo que desenho igualzinho a um martelo. Ou seja... Mas que já escrevi várias HQs, apesar de pouca gente saber disso.

Já fiz muitos quadrinhos empresariais e tenho até uma família de personagens criada, que foi publicada durante sete anos no jornal de uma companhia em que eu era assessor de comunicação. Qualquer hora posto aqui algumas dessas edições e tiras.

Agora, no mercado comercial ainda não publiquei nada. Tenho dois trabalhos engavetados, que esperam o momento de sair da hibernação. Quem sabe quando meu dia tiver 48 horas? :-)

Mas há dois anos, no mercado independente, ataquei de roteirista na edição # 28 do fanzine Manicomics, dos meus amigos cearenses J.J. Marreiro, Daniel Brandão e Geraldo Borges. Fiz uma HQ curtinha, baseada numa coisa que aconteceu comigo. Achei que valia eternizar aquilo em papel e mandei o roteiro. Como foi aprovado, o Daniel me deu a honra de desenhá-la.

O resultado você confere abaixo.




8 comentários:

FÁBIO MACIEL disse...

A história é muito legal. Às vezes o dia-a-dia ocupa tanto nossa mente... e esquecemos o quanto aqueles que amamos podem salvar nosso dia! Um abraço, Sidney!

Cláudia Dans disse...

Sidney!
adorei a história!!!! muito bacana! e realmente, tem dia que eu tb quero se super-herói! rsrsr

beijos!
Cláudia

Amalio disse...

Mandou bem Sidney!! Quem já não teve um dia desses que atire a primeira pedra! Quem tem filhos entende muito bem o sentimento que você transmitiu no final. Aproveita o momento e desengaveta os projetos que você tem futuro "garoto". Um abração.

The Thales disse...

me derrubou, essa...

ps: vc tá parecendo o clark kent nessa hq.

Carlos Ferreira disse...

Caro Gusman, tri bom!
Faça mais roteiros para hqs!

Abraço.

Submundo Mamão disse...

Muito legal, curti mesmo!

Jáder, O Pitoresco disse...

Muuuuito legal. Mas francamente, o protagonista da estória, com aquele porte fisico... É tu mesmo?

Sidney Gusman disse...

Bacana que curtiram.

Jáder, sou eu mesmo! Mas note que aparece uma "leve" barriga. :-)