20 setembro 2007

Direto do baú: os desenhistas oficiais do Universo HQ

Esse desenho do Marreiro cativou todos do UHQHoje quando fui revisar o Universo HQ, como faço todas as manhãs, fiquei extremamente feliz ao ver que meu amigo J.J. Marreiro foi tema de uma matéria na revista Mundo dos Super-Heróis. E isso me motivou a fazer esse post.

No dia da entrega do HQ Mix comentei com um leitor que sem dúvida é legal ganhar prêmios, mas é muito mais legal ver subindo para receber o troféu artistas que o Brasil conheceu pelo UHQ.

Arte que o Daniel Brandão enviou para o concursoE, felizmente, muita gente boa tem tido esse merecido reconhecimento. O Marreiro é um deles. E foi aí que resolvi contar como conheci esse talentoso cearense e também seu parceiro no fanzine Manicomics Daniel Brandão.

No começo de 2001, resolvemos fazer um concurso para eleger o desenhista oficial do UHQ. Como vieram ótimos trabalhos, escolhemos logo três, que durante um bom tempo nos ajudaram com charges, ilustrações etc. Eram eles: J.J. Marreiro, Daniel Brandão e Tomo Maeichioka, o único que acabou saindo do mercado de quadrinhos.

Arte deo Tomo MaeichiokaE quando fui caçar a nota, descobri que mais gente boa nos mandou desenhos, como o Ronaldo Barata, da Quanta e que hoje é nosso webmaster, o André Leal, o Mário Cau, o Geraldo Borges (também do Manicomics), o Leandro Robles (Escola de Animais) e outros. É fantástico ver que, mesmo com tantas dificuldades impostas pelo mercado, essa galera está por aí cavando seu espaço. E ter ajudado de alguma forma para isso dá uma satisfação incrível.

4 comentários:

Marcus Ramone disse...

Sid�o, e tem tamb�m o Marcelo Ferreira, que foi finalista do concurso da editora norte-americana Harris Comics pra desenhar uma HQ da Vampirella.
Ele soube do concurso gra�as a uma nota publicada no UHQ.

Geraldo Borges disse...

Acho que o UHQ não tem realmente a noção de quanto contribui para os quadrinhos em nosso país, seja fazendo divulgação de edições independentes, apoiando novas publicações, revelando novos desenhistas, enfim, contribuindo de maneira real para o crescimento da nona arte no Brasil. Parabéns, família UHQ e um alô especial pro Sidão, que sempre de fato nos deu um grande apoio, principalmente nos momentos cruciais.

Sidney Gusman disse...

Geraldo, a gente sabe da importância do UHQ, sim. Mas é que é muito legal ver gente como você, o Marreiro e o Daniel alçando vôos cada vez maiores.

É aquele negócio: a gente divulga, mas só se mantém quem realmente tem talento.

Abração

visão e sinistro disse...

pow pow muito legal e diferente esse blog,gostei muito,vcs são muito bom no que fazem parabéns.