01 outubro 2007

Divulgação... na Europa (1)

As editoras franco-belgas costumam publicar catálogos, revistas e panfletos para divulgar seus lançamentos mensais, bimestrais e até semestrais.

Grande parte deste material é gratuita e pode ser adquirida nas livrarias e comic shops (infelizmente, para mim, nem todos estes catálogos chegam regularmente a Luxemburgo).

A Casterman, por exemplo, publica o Castermag', um jornal (meio tablóide, grampeado e impresso num bom papel) trimestral (primavera, verão, outono e inverno), de oito páginas coloridas, com entrevistas, curiosidades, lançamentos, previews e outras novidades.

Planete Delcourt, como o leitor pode imaginar, é a revista da Delcourt, de periodicidade trimestral, com 48 páginas, trazendo previews e lançamentos. Traz capas, ficha técnica, informações dos autores, sinopses e outros detalhes. De quebra, algumas páginas internas dos álbuns.


(A ilustração acima, uma página dupla da revista Planete Delcourt, foi rotacionada para facilitar a visualização.)

Não tenho encontrado o catálogo da Dargaud. Mas achei, por exemplo, um folheto de 12 páginas (num formato pequeno) em couché fosco, com um preview de Jazz Maynard, uma história policial (que por aqui chamam de Polar) de Raule e Roger, lançada recentemente pela editora.

A Dargaud também está promovendo a série XIII, com a revista L'Anée XIII (oito páginas coloridas em couché brilhante), uma série especial de quatro números, numa contagem regressiva para novembro, quando sairão os dois últimos números de XIII.

L'Anée XIII traz enquete com leitores, making of, promoções dos álbuns anteriores em coleções com preço mais em conta e outras curiosidades para os fãs de Jason Fly.

A Vents D'Ouest, atualmente uma subdivisão da Glénat, publica seu catálogo independente (o nome é o mesmo, Vents D'Ouest), semestralmente, com ficha técnica dos lançamentos, sinopses, capas e páginas dos álbuns. São 24 páginas coloridas de novidades, em couché fosco de gramatura pesada.

Todos os catálogos e produtos mencionados acima são gratuitos.

A Glénat publica o Previews, um livro, com capa dura e papel couché fosco, com 108 páginas coloridas, com seus lançamentos. Cada volume cobre um período de quatro meses. Como você pode imaginar este catálogo não é de graça, mas também não é caro, custa apenas 1,50 euros (menos que um jornal por aqui), ou seja aproximadamente R$ 3,95.

O Previews traz capas, sinopses, ficha dos autores e páginas internas dos lançamentos, com uma diagramação bacana.

Aguarde outros posts como este, mostrando catálogos e panfletos que as editoras daqui usam para se promover.

9 comentários:

Blog Castelo disse...

S�rgio, bela duivulga�o esta que vc tem feito sobre as BD�s europ�ias. Tomara que a ajude leitores e editores brasileiros a descobri-las.
Quanto aos cat�logos, � bom lembrar que alguns est�o dispon�veis on line, como � o caso do da Casterman (http://club.casterman.com/). S� que tem que fazer cadastro antes de baixar.

Sidney Gusman disse...

Sérgio, me lembre de te quebrar a cara assim que você retornar ao Brasil em férias! :-)

Esses posts europeus estão me dando nos nervos (no bom sentido)! Como disse o Nasi, em outro post, e ainda tem gente que acha que sai "praticamente tudo" aqui no Brasil...

Abraço

Sérgio Codespoti disse...

hehe, não faça isso não...

Aliás, tenho visto que está saindo muita coisa bacana no Brasil. Quando eu voltar vou morrer com uma grana pra tentar colocar em dia alguns destes lançamentos mais interessantes.

Mudando de assunto, o post de hoje está encavalando as imagens, ou é meu browser?

Sérgio Codespoti disse...

Castelo, valeu o elogio e a dica do site da Casterman.
abs

Sidney Gusman disse...

Sérgio, aqui está tudo certo! Acho que é teu browser.

Pedro disse...

Não apenas a Casterman, mas a Glénat e a Delcourt põem seus previews online em seus respectivos sites. Provavelmente também as outras editoras, mas estou com preguiça de procurar.

Mas você já viu os CATÁLOGOS? Eu peguei vários em Angoulême e eles têm páginas e mais páginas com tudo que uma editora publica e mais um pouco! O da Dupuis, maior editora em que eu consegui descolar um catálogo, é um MONSTRO com dezenas de páginas com todas as literalmente centenas de álbuns do estoque da editora!

Agora, o Nasi tem razão. Sai praticamente tudo no Brasil, por uma edição ou duas...

Hunter (Pedro Bouça)

Sidney Gusman disse...

Hunter, nem uma ou duas. Veja quantas séries européias permanecem inéditas por aqui... :-(

Abraço

Sérgio Codespoti disse...

Hunter, já vi alguns destes catálogos sim. Ano passado inclusive arranjei o catálogo da Casterman de 2006, mas esse tem um perfil mais de divulgação editorial, voltado para parceiros e clientes estrangeiros.

Pelo que tenho visto aqui, em relação aos lançamentos brasileiros, acho que sai realmente muito pouco. Até admito que recentemente algumas séries passaram a ser publicadas no Brasil, mesmo que interrompidas, e dimuiram um pouco a defasagem, mas ainda assim, acho o volume de material inédito torrencial.

Mesmo incuindo a distribuição esporádica de edições portuguesas da Meribérica e da Asa, por exemplo, o volume que chega no Brasil ainda é ridículo. Melhorou, mas continua muito pouco.

Séries e personagens considerados clássicos aqui são totalmente desconhecidas no Brasil (exceto pelos mais viciados, como alguns de nós).

Mas quem sabe melhora!
abs

korak disse...

Caraca, e o mais semelhante a isso que podemos ter no Brasil, sai pela panini, a wizmania, num papel "barato", a um prçeo na minha opnião, abusivo, 7,90...
Bem que a panini podia aprender e lançar de graça, ou no maximo, como esse que o Sergio citou de capa dura, que custa aproximadamente 3,95 reais. E olha que nem faço questão do capa dura, mais que o preço fosse mais acessivel.

infelizmente isso vai demorar de acontecer, se acontecer um dia.
Assim como provavelmente vai demorar muito desses excelentes materiais franceses sairem no Brasil.
Se sairem...