05 outubro 2007

Mais um gênio que se vai...

Nos últimos dias, o Sérgio trouxe a este blog algumas alegres (e invejáveis) notícias do mercado europeu de quadrinhos.

Hoje, entretanto, vou divulgar uma nota triste sobre um grande nome da história dos quadrinhos do Velho Continente : há poucos dias, faleceu o espanhol Manfred Sommer, criador de personagens como Frank Cappa e autor de diversas obras cuja qualidade não me deixa esquecer por que razão eu amo tanto as histórias em quadrinhos.

Como fã de Tex, também não posso deixar de citar a participação de Sommer nas HQs do ranger. Os belos desenhos de Tex Gigante # 12 - Mercadores de Escravos (Mythos Editora, 2003) dispensam comentários.

Manfred Sommer estava desenhando outra aventura de Tex. Infelizmente, a obra ficará incompleta.

Vou escrever uma nota mais completa pra ser publicada no UHQ na próxima segunda-feira.

7 comentários:

Sérgio Codespoti disse...

Uma lástima. Gostava bastante do trabalho dele, principalmente do Frank Cappa. Descobri o artista na revista Mosquito.

No Brasil ele foi publicado na série de graphic novels da Editora Abril

Sérgio Codespoti disse...

Se não me engano o álbum publicado pela Abril foi o Viet-Song.

Eduardo Nasi disse...

Acho que foi isso mesmo, Codespoti. Mas tou com a impressão de que, mais ou menos na mesma época, saiu em outro lugar também.

Sérgio Codespoti disse...

Nasi,

Sairam duas aventuras de Cappa na Aventura e Ficção:

O Último Africano, na #18 e Jangada, na #19.

http://www.universohq.com/quadrinhos/2004/museu_aventura_ficcao.cfm

Viet-Song, é o número 22 da coleção Graphic Novel da Abril

http://www.universohq.com/quadrinhos/museu_graphic_novel.cfm

abraços.

korak disse...

Qual dessas histórias dele, ele tratava da Bahia?
Fiquei curioso com isso e estou procurando essa(s) revista(s)...

Alguem ajuda?
Pedro? Sergio? Sidney? Marcus?

Sérgio Codespoti disse...

Korak,

Do álbum brasileiro dele. Acho que é Jangada, da Aventura e Ficção #19, mas estou sem a revista aqui.

korak disse...

Valeu Sergio.
O jeito é correr atrás.
Abraços