31 janeiro 2011

Melhores e piores de janeiro

Apesar de 2011 prometer grandes lançamentos para o mercado de quadrinhos, janeiro começou num ritmo "morno". Então, é hora de conhecer os melhores e piores do mês, na opinião do time do Universo HQ. Desta vez, Ronaldo Barata e Guilherme Kroll Domingues ficaram de fora.

Vale lembrar: as opiniões são pessoais e não precisam ser sobre um lançamento do mês.

Não há limite para as indicações dos melhores, que não são listados necessariamente em ordem de preferência; e nem pros piores.

Sidney Gusman

Melhores: Gaston # 15 – É só broncos! (Asa, em parceria com o jornal Público);
Gaston # 16 – Tabefes para o Lagaffe (Asa, em parceria com o jornal Público);
Fábulas # 7 - Noites (e dias) da Arábia (Panini);
Vertigo # 13 (Panini);
Vertigo # 14 (Panini);
El dia del juicio, escrito por Ricardo Barreiros e desenhado por Solano Lopez (Doedytores);
El peregrino de lãs estrellas, escrito por Carlos Trillo e desenhado por Enrique Breccia (Doedytores);
Y - O último homem - A senha (Panini);
Homunculus # 10 (Panini).

Piores: Hetalia - Axis Power - Volume 1 (NewPop);
A noite mais densa # 7 (Panini).

Sérgio Codespoti

Melhores: L'Île Au Trésor suivi de Enlevé!, de Hugo Pratt e Mino Milani (Casterman);
Scarlet # 3, de Michael Bendis e Alex Maleev (Icon/Marvel);
Scarlet # 4, de Michael Bendis e Alex Maleev (Icon/Marvel);
Beaux Arts Sexe et BD (revista sobre quadrinhos da TTM Éditions);
L'Immanquable # 1 - La BD en avant- première, de diversos autores (DBD).

Pior: Generation Hope # 1, de Kieron Gillen e Salvador Espin (Marvel).

Marcelo Naranjo

Melhores: Classificados # 2 Devir;
Classificados # 3 Devir;
Gefangene – Sem saída (Zarabatana);
O homem é bom?, de Moebius (L&PM);
Justiceiro - Zona de Guerra (Panini).

Pior: nenhum

Marcus Ramone

Melhores: Terra X - A saga completa (Panini);
Homem-Aranha # 108 (Panini);
Vertigo # 12 (Panini);
Tex Ouro # 52 (Mythos);
O melhor de Hagar, o horrível - Volume 5 (L&PM);
Cebolinha - 50 anos (Panini);
Almanaque do Tio Patinhas # 1 (Abril);
Almanaque do Prof. Pardal # 1 (Abril);
Almanaque do Zé Carioca # 1 (Abril);
Almanaque do Pato Donald # 1 (Abril);
Almanaque do Peninha # 1 (Abril);
Clássicos da Literatura Disney -Volume 27 - O avarento (Abril).

Piores: Rock'n'Roll Comics # 5 - Def Leppard (Revolutionary Comics);
Almanaque do Mickey # 1 (Abril);
Almanaque do Pateta # 1 (Abril).

Eduardo Nasi

Melhores: Promessas de amor a desconhecidos enquanto espero o fim do mundo - Volume 2 -Underground, de Pedro Franz (independente);
Eu queria ser mulher, de Laerte após poema de Mario Sá Carneiro, na Ilustríssima, da Folha de S.Paulo, em 16 de janeiro de 2011;
Daytripper # 1 a # 10 (DC Comics);
Feliz (Pequeño Editor).

Pior: A noite mais densa # 3 (Panini Comics).

Ricardo Malta Barbeira

Melhores: Preacher – Salvação (Panini);
MAD Especial # 10 (Panini);
Marvel Max # 77 (Panini);
Marvel Max # 78 (Panini).

Piores: X-Men Extra # 107 (Panini);
O invencível Homem de Ferro # 7 (Panini);
A morte do Super-Homem (Abril);
O retorno do Super-Homem # 3 (Abril).


Delfin

Melhores: Fracasso de Público – Heróis mascarados e amigos encrencados (Gal);
Fracasso de Público – Desencontro de titãs (Gal);
Cerebus – Volume 1 (Aaardvark-Vanaheim);
Cerebus - Volume 2 - High Society (Aaardvark-Vanaheim);
The death of Groo (Epic Graphic Novel).

Pior: Roger Rabbit - The resurrection of Doom (Marvel Graphic Novel).



Lielson Zeni

Melhores: Desenhando quadrinhos, de Scott McCloud (Makron Books);
Preacher - Volume 8 - Às portas do inferno (Panini);
Xampu - Lovely losers (Devir);
Tempo, de Chris Ware, na Piauí.

Piores: Wolverine # 73 (Panini);
Wolverine anual # 4 (Panini).




André Sollitto

Melhores: Ao coração da tempestade (Quadrinhos na Cia.);
The Spirit - As novas aventuras (Devir);
Fierro # 52 (Ediciones de la Urraca)
Y - O último homem - A senha (Panini).

Pior: A teia do Aranha # 3 (Panini).


Zé Oliboni

Melhores: Bone One Volume (Cartoon Books);
O Cabra, de Flávio Luiz (independente);
Asterios Polyp (Pantheon) .

Pior: nenhum.



Diego Figueira

Melhores: Calvin e Haroldo - Deu "tilt" no progresso científico (Conrad);
(Leya / Barba Negra).

Pior: Marvel Action # 29 (Panini).

Marcelo Santos Costa

Melhores: 52 # 1 a # 13 (Panini);
A noite mais densa # 7 (Panini);
Biblioteca Histórica Marvel - Quarteto Fantástico - Volume 1 (Panini);
Y - O último homem - A senha (Panini);
Aldebaran - A catástrofe (Panini);
Cebola Jovem - O grande prêmio (Panini);
Buda # 1 a # 7 (Conrad);
Jornada ao Oeste - Volume 1 (Conrad);
Conan - Ciméria (Mythos);
Animal Man - Volume 1 (Vertigo);
Animal Man - Origin of The Species - Volume 2 (Vertigo);
Animal Man - Deus Ex Machina - Volume 3 (Vertigo).

Pior: O flagelo dos deuses (Devir).

6 comentários:

gustavo A disse...

melhores: chibata(muito boa mesmo), terra x(panini)

li retalhos tb, historia muito pesada, desenhos muito bons.
é boa, mas se nao tivese lido nao ia fazer diferença.
acabei ficando na espectativa de ter mais historia.
quando craig conseque se libertar da dominaçao que sofria o livro acaba.

Charles disse...

Gostei muito de Retalhos, uma das poucas obras autobiograficas que que chamou atenção e que gostei. Não gostei do final, mas só porque gostei tanto da história que não queria que acabasse.

Mas também tive minha grande decepção, com Jimmy Corrigan. A história não conseguiu me fisgar, achei ela muito arrastada e truncada. As gracinhas que o autor usa, não foram o bastante pra provocar sequer um sorriso forçado. Claro, tem uma história dramática, com um desenlance tosco. A única coisa que me fez prosseguir com a leitura (tive que reiniciá-la umas três vezes) foi a arte maravilhosa do Cris Ware, principalmente nas retratações amplas de lugares. Nisso o cara é absurdamente bom. Podem me jogar pedras, mas eu não gostei.

Mas pra não dizer que só reclamo, aqui vai umas leituras que curti muito esse mes:

-Conan Ciméria (principalmente pra quem curte o Corben)
-Kickback
-Fanstasma: Sempre aos Domingos
-Necronauta vol 1 (HQM)
-Who Fighter e o Coração das Trevas
-Julia Kendal 57
-Estação Luz
-Mondo Urbano

Classificação bizarrice: Crying Freeman #1,2,3,4 e 5

Sidney Gusman disse...

Charles, sem pedras. Comigo foi a mesma coisa ao ler Jimmy Corrigan. Acho que o Ware (que realmente destrói na arte) poderia ter contado a mesma história com 200 páginas a menos.

Abraço

CaLviN disse...

*Deu tilt no progresso científico (Calvin & Haroldo), sou até suspeito pra falar pq sou incondicional das histórias do moleque pentelho e seu tigre de pelúcia.

*Terra X - A saga completa, a história não uma obra-prima, mas é interessante pelo fato deles contarem como os personagem da história ficarem da forma em que estavam.

Eduardo Roque disse...

Ao ver o Marcelo Costa no final do post citar Homem-Animal me tokei q até agora nada da Panini republicar esse e outros clássicos Vertigo como Monstro do Pântano, Patrulha do Destino...

Bruno Alves disse...

E pelo resultado dos piores do mês, a maioria da Marvel, concluo que tomei a decisão certa de não comprar mais quadrinho de super-herói, apesar de adorar o gênero.
Claro que para toda regra há excessões e estou adorando a fase de Grant Morrison no Batman, mas é só.