31 maio 2009

Melhores e piores de maio

Maio terminou. Foi um mês em que li muita coisa (boa, inclusive), mas nem todos os integrantes do UHQ foram na mesma toada. O Sérgio Codespoti, o Diego Figueira e o Ronaldo Barata ficaram de fora por razões diferentes - o primeiro está viajando pela Europa (que chato!) e os outros leram pouco.

Em compensação, temos a estreia de dois novos integrantes: Lielson Zeni e André Sollitto, que nossos leitores começam a conhecer por suas resenhas e notas.

Então, chega de papo. Conheça os melhores e piores de cada integrante do Universo HQ em maio. Confira abaixo.

Vale lembrar: as opiniões são pessoais e não precisam ser sobre um lançamento do mês.

Não há limite para as indicações dos melhores, que não são listados necessariamente em ordem de preferência; e nem pros piores.

Uma HQ diferente de tudo que temos no mercadoSidney Gusman

Melhores: Três dedos – Um escândalo animado (Gal), Sábado dos meus amores (Conrad), O Guarani (Ática), Sgt. Rock e Batman - Crônicas - Volume 2 (ambos da Panini) e Blueberry – Chihuahua Pearl, Blueberry – O homem que valia $ 500 000 e Blueberry – Balada para um caixão (todos da Asa em parceria com o jornal Público)

Piores: Contagem regressiva # 10 e # 11, Wolverine - Logan, Prelúdio para a crise final # 9 e World of Warcraft # 1, # 2 e #3, todos da Panini

Mais uma vez Gonçalo Junior contribui para aumentar a bibliografia sobre quadrinhos no BrasilMarcelo Naranjo

Melhores: Sábado dos meus amores (Conrad), Sgt. Rock (Panini) e Vida traçada – Um perfil de Flavio Colin (Marca de Fantasia)

Pior: nenhum




Incrível a Maturi ser ignorada pelo HQ MixMarcus Ramone

Melhores: Tex Ouro # 41 (Mythos), Maturi # 1 e Maturi Edição Especial, ambos do GRUPEHQ

Pior: Mickey # 799 (Abril)




Chamar este álbum de primor ainda é poucoEduardo Nasi

Melhores: Verão Índio e Sábado dos meus amores (ambos Conrad), Batman - Terror sagrado (Abril),
A piada mortal – Edição especial e Sgt. Rock (ambos da Panini)

Pior: Contagem regressiva # 10 (Panini)


Bela adaptação da obra de José de AlencarGuilherme Kroll Domingues

Melhores: Chinês americano e Jubiabá (ambos da Quadrinhos na Cia.), O Guarani (Ática) e Homunculus # 6 e MPD Psycho # 2 (ambos da Panini)

Pior: Menino Caranguejo - Missão dengue (Salomão)


Para muitos, ninguém desenhou o Batman tão bem quanto Neal AdamsRicardo Malta Barbeira

Melhores: Batman ilustrado por Neal Adams - Volume # 1 e Homem-Aranha # 89 (ambos da Panini) e Pixel Magazine # 21 (Pixel)

Pior: nenhum




Baita lançamento na estreia da Quadrinhos na Cia.Zé Oliboni

Melhor: O chinês americano (Quadrinhos na Cia.)

Pior: nenhum





Tina ganha revista buscando o público adolescenteDelfin

Melhores: Mutts (Devir), Três dedos – Um escândalo animado (Gal), Tina # 1 e Turma da Mônica Jovem # 6, # 7 e # 8 (ambos da Panini), Blankets (Top Shelf), Exploradores do Desconhecido (webcomic), Dr. Pepper (webcomic) e Wagner & Beethoven (webcomic)

Pior: nenhum

Júlia continua nas bancas como o melhor título regular em bancasLielson Zeni

Melhores: J. Kendall – Aventuras de uma criminóloga # 53 (Mythos), 10 pãezinhos - um dia, uma noite (independente) e Sandman – A casa de bonecas e Sandman - Terra dos Sonhos ambos da Conrad)

Pior: Batman # 75 (Panini)

Joe Kubert dá uma aula de quadrinhos desta ediçãoAndré Sollitto

Melhores: Verão Índio (Conrad), Graphic Novel # 11 - Surfista Prateado - Parábola (Abril), Nova York e Jubiabá (ambos da Quadrinhos na Cia.) e Sgt Rock, The Spirit # 5, Batman – O longo Dia das Bruxas, Batman - Ano 100 # 1 e # 2, Demolidor Anual # 1 - Redenção e Dimensão DC - Lanterna Verde # 2, todos da Panini

Pior: Invasão Secreta # 2 (Panini)

15 comentários:

Leandro disse...

po sgt rock só conheço de nome, tava na duvida se comprava, mas praticamente todos elogiaram... so nao sei se para quem nunca leu a historia faz sentido...
abç

Dannilo disse...

Júlia Kendall e Homunculus sempre estão entre os melhores. Vou procurá-los nas bancas pra ver se, de fato, prestam. A julgar pelos reviews, devem ser muito bons.

E a Quadrinhos na Cia. promete, hein?! Só lançamentos de fino trato. Blankets é dez!

Espero que outras editoras também sigam essa trilha. A Cosac Naify pretende, né? Alguém sabe quando eles começarão?

Abraços!

Sidney Gusman disse...

Leandro, pode comprar na boa. Sgt. Rock tem esse mérito: até quem não lê HQs vai curtir, pois é uma baita história de guerra.

Dannilo, Tanto J. Kendall quanto Homunculus estão mesmo matando a pau nas bancas.

Quanto à Cosac Naify, ainda não foi divulgada uma data para a estreia.

Abraço

Francisco disse...

Sou um grande fã do sgt rock há muito tempo. Vale investir nesse material.

Franchico disse...

Li Chinês nascido americano esse fim de semana de uma sentada (ops) e é lindo mesmo. Desde Persépolis eu não lia nada tão sensível sobre a juventude. Sendo que os desenhos do Luen Yang são muito mais bonitos que os da Satrapi. No meu tosco entender de quem não sabe desenhar uma linha reta, claro...

Anônimo disse...

Parabéns à Panini pelo lançamento do Sg. Rock, do mestre Joe Kubert. Será que ninguém tem a idéia de relançar Tarzan,aqui no Brasil, do mesmo autor?Acredito que teria uma repercussão positiva no mercado das HQs.

lcmpereira disse...

Concordo com o que o ANôNIMO disse: O Tarzan do Joe Kubert seria uma grande pedida, e acho que teria uma vendagem boa.

Um abraço

Milena Azevedo disse...

Ah, gostei muito de ver que o Ramone citou como melhores leituras A Maturi Especial e a Maturi#1. Senti falta delas no Troféu HQMix. Dei meu voto "outro".
Aproveito para avisar que o projeto está atrasado, mas o pessoal do GRUPEHQ avisa que já tem dois números na agulha, os quais devem ser lançados em breve. Um HQ minha (roteiro), com desenhos de Wanderline foi aprovada. Deve ser publicada no número 4. Vamos aguardar mais um pouco.

Eduardo Roque disse...

Quero tornar público o agradecimento por aceitarem a sugestão q fiz via e-m(ñ devo ter sido o único) d incluir nos reviews onde as histórias q compõem a ed foram originalmente publicadas. Valeu mesmo! Só assim p/decidir c comprava ou ñ o Bat d Neal Adams já q nem a Panini divulgou isso e dar + d R$ 50,00 p/descobrir q já tenho quase todas as HQs em outras revistas seria dose.

Outra: Mês a mês Contagem regressiva e Prelúdio p/CF seguem firmes e fortes listadas como as piores. Por q VCs contiuam lendo isso? Dever jornalístico ou masoquismo mesmo?

Eduardo Nasi disse...

Eduardo,

No meu caso, eu até diria que leio pra resenhar e pra garantir que menos incautos caiam na armadilha.

Quando à anotação das edições originais, há uma outra boa fonte: o site Guia dos Quadrinhos. Veja só o Batman do Neal Adams: http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao.aspx?cod_tit=bi011110&esp=&cod_edc=69852

Eduardo Roque disse...

Obrigado d novo, Nasi.
Tô indo lá

Ivan Linares disse...

Essa edição da Tina é almanaque, edição especial ou vai ser mensal? Será que tem tanta variação de tema assim pra garantir uma edição mensal?

Só não sei porque mudaram a cara do Rolo. Aquela barba que parecia um ventilador e aqueles olhões arregalados eram a marca registrada dele! (Não sei se é só resmungo de leitor antigo que rejeita qualquer mudança, mas pra mim ficou mesmo muito esquisito!)

yamabuchi disse...

Aêêê!!! Olha a Tina#1 aí, despontando!! Bom, também, sou suspeita pra falar qualquer coisa... rsrs... bjs

Leandro disse...

Sidney, valeu pela dica do sgt rock, muito bom!
como falou-se na resenha do uhq, so faltou um texto explicativo, mas a historia é dez!
abç

Marcus Ramone disse...

Ivan, também não suporto esse novo Rolo. Pra mim, é outro personagem. Quero o original de volta!