26 abril 2009

Os erros, as legendas e a Língua Portuguesa

Alguns leitores do Universo HQ - não todos - reclamam da insistência das resenhas do Universo HQ em apontar os erros de português das edições.

É o caso da resenha que o Sidney Gusman publicou sexta, sobre a edição definitiva de Watchmen, da Panini, com mais de 20 erros.

A discussão descambou até para os comentários no post aí embaixo - que não passava de uma brincadeira, veja só!

Aproveito o gancho pra falar de outro problema que me incomoda há tempos: as legendas de filmes e programas de TV.

Tem dias em que eu rezo para que alguém crie um site chamado Universo Legenda para encher o saco de quem traduz mal e escreve errado.

A quantidade de erros é bizarra - tanto de português quanto de tradução. É difícil pegar uma legenda correta, que não tenha erros. E nada mais irritante do que você ter sua a experiência de assistir ao programa interrompida por um "excessão", por um "nada haver" ou por uma tradução bisonha.

Quando é em inglês e espanhol, muita gente até entende o que está ouvindo - e ainda dá para perceber as bizarrices. Mas como se assiste a um filme polonês, iraniano ou chinês?

ATUALIZAÇÃO: o leitor Rafael Olivato mandou por e-mail a dica do blog Isso porque é ORIGINAL, que mostra legendas bizarras. Faz tempo que não tem uma atualização, mas tá valendo.

27 comentários:

andré b. disse...

Cara, e quando a legenda é feita para um DVD original, produzido por um grande estúdio (Fox), e vem mal e porcamente traduzido ? Um filme cujo título é "Clube da Luta", a legenda do filme transforma o Figth Club em "CLUBE DA BRIGA". E aí ? E quando você reclama para Fox, e eles nem sequer te dão uma resposta (como fiz, através de e-mail, há 4 ANOS atrás) ? E depois uma empresa dessa vem com campanha anti-pirataria, sendo que tem muita legenda produzida por fan-subber muito melhor do que a "autorizada" pela Fox.

Anônimo disse...

Poisé, e as legendas no cinema e nos DVDs originais estão cada vez piores. Speed Racer, por exemplo, teve erros gravíssimos de tradução.

Sérgio Coutinho disse...

Apenas quem sem o hábito de leitura já não é capaz de distinguir o certo e o errado no uso da língua portuguesa não se incomoda com os erros.

Quem tem prazer em ler trava a cada erro, como um desrespeito à própria história. É negligência inaceitável em qualquer editora.

E como vejo constantemente livros que não passam por revisão alguma, é ainda mais triste.

Parabéns a todos do UHQ pela insistência na correção gramatical. Espero que continuem lutando para que os editores de HQs levem os leitores a sério.

Abraço e boa semana!

Igor Bone disse...

O problema é a maneira com que as coisas são traduzidas, muitas vezes quem traduz nem assiste o material, faz só com o script. Ou o contrário, faz só de ouvido, sem ter um scrip para consultar. É um problema sério, algumas legendas não fazem o menor sentido e até comprometem a total compreensão da história.
Eu apoio a polícia gramatical do UHQ, especialmente em casos graves, em que erros assim aparecem repetidamente, o que mostra que é um descuido real, não apenas acidentes de percurso (um ou dois erros até poderiam ser relevados, normal isso passar despercebido pelos editores).
Eu sempre fico pé atrás com esses filmes internacionais, sei que muitas vezes o tradutor traduz do inglês, e tradução de tradução sempre muda muita coisa...

Guilherme Kroll disse...

Putz, eu ia citar exatamente o Clube da Luta. É a pior legendagem da história, tem erros em todas as legendas.

Carlos "EJT" Vázquez disse...

Não li todos os comentários do post anterior, mas na crítica a Watchmen discordo com o seguinte trecho:
"p. 354 - "Antigüidade" ("Antiguidade" é o correto, mesmo antes da reforma ortográfica que eliminou o trema);"
Claro que antes da reforma tinha trema, se não tivesse o U não sería pronunciado (aliás, ainda não me conformo com o absurdo de terem tirado a trema da gramática... hoje lí em uma HQ a palavra "cagueta", que sem trema parece alguem dom problemas intestinais!)

Hunter disse...

Vocês não estão entendendo a razão das minhas queixas.

Eu NÃO reclamo porque vocês apontam que tal edição tem erro de português. São as listagens exaustivas e intermináveis desses erros que me incomodam.

Duvido que 99% dos leitores deste site tenham o mínimo interesse de ver uma lista de todos os erros dessa edição de Watchmen e o esforço de fazer esse tipo de listas tem provocado graves omissões nas resenhas. Antes de eu me pronunciar, não havia nem menção aos extras da edição definitiva, por exemplo.

Sem contar que, para compilar uma lista de 20 erros tirada de uma edição de mais de 400 páginas com grande densidade de texto, das duas uma: Ou vocês lêem as edições com um caderninho ao lado para anotar os erros quando forem aparecendo (caso em que eu sinceramente e sem brincadeira recomendo ajuda psicológica) ou a releem imediatamente após a leitura original só para catar os erros (que é um gasto de tempo incrível que eu penso que vocês poderiam utilizar em atividades mais interessantes, especialmente pais de família como o Sidão).

E para quê? Têm algum prazer incompreensível em fazer uma lista de erros completa ao invés de citer um ou dois exemplos? Eu sei que a Panini NÃO vai usar o UHQ como base quando fizer uma nova edição, então para que esse esforço todo? Ficam parecendo colegiais que têm de escrever uma redação de um certo número de linhas e a "engordam" com uma lista de alguma coisa para não terem de ficar rendendo o assunto...

Um abraço,
Hunter (Pedro Bouça)

Amalio Damas disse...

Temos sim que reclamar dos erros, porque é obrigação Quanto aos filmes poloneses, iranianos ou chineses, só pedindo ajuda a Cristo, Alá ou Buda.

Eduardo Nasi disse...

Hunter,

Só pra lembrar que o Universo HQ tem outros leitores.

Não é só você quem reclama - e que tem gente que acha que os erros não precisam ser apontados, que o que tem que ser analisado é a HQ em si.

Você é um tipo de leitor que reclama especialmente da listagem - que eu pessoalmente acho meio bobo da sua parte, porque é só pular na hora de ler.

A listagem ajuda muito a resenha a não ser desqualificada por alguém da editora, por exemplo. Já ouvi gente dizer "Ah, eles estão catando piolho". Quando a lista é publicada, não tem como dizer isso.

Há leitores, porém, que acham que o que importa é a história, e que é isso que tem que ser avaliado. Logo, não vale dizer que tem erro, que a capa solta facilmente etc.

Ricardo Soathman disse...

Olá, a todos;

Essa é uma questão controversa em alguns aspectos.

Se, considerarmos que qualquer publicação, seja ela, quadrinhos ou não, precisa ser tecnicamente adequada. Teremos de repreender, e comentar, toda e qualquer falha, inclusive o mau uso da lingua.

E, entendendo que isso é um erro elementar, cabe a alguém que faça a analise dessa obra, NÃO SE OMITIR.

O problema na minha opinião, passa pela infra estrutura de algumas editoras que, são, o espelho de nossa sociedade. Não cabendo nenhum comentário posterior.

Quanto as legendas... Existem sites que se dedicam a este hobby, e claramente, fazem um melhor trabalho, que os PROFISSIONAIS da área... O que nos remete a uma inversão total de valores. Irônica e muito divertida, para quem é mro espectador.

Eu acho que a globalização, de certa forma pode ser bem cruel, e ao mesmo tempo seletiva. Caberia a os donos do produto, uma melhor avaliação de seus quadros de funcionários ou tercereizadas, para, que fosse possível manter, no mínimo a seriedade, em seus produtos.

[]s

Soathman

allan disse...

Eu concordo com as criticas do Universo HQ aos erros gramaticais das revistas resenhadas,afinal pagamos caro por produtos q deveriam ser qualidade artistica e edittorial.
Agora infelizmente o UniversoHq para criticar precisa se policiar tb na hora de fazer suas máterias.
H(27/04)tem alguns erros gramaticais em uma ou outra reportagem(Wolverine) e tb na chamada da matéria Vingadores encontra Defensores,quando o correto deveria ser Vingadores encontra Invasores.

Marcelo Naranjo disse...

Oi Alan.
Valeu, já vai ser corrigido. O bom da net é que é rapidinho arrumar uma ou outra bobagem que passa.
E o melhor, não precisamos devolver seu dinheirinho gasto no acesso, né?
:-))
Aliás, não temos problema algum em corrigir eventuais erros - pelo contrário. Normalmente, eu "preparo" o texto das notas do dia, e, depois que estão online, o Sidney ou o Ramone fazem a leitura ainda de manhã e verificam a revisão necessária. Ao contrário de outros veículos que deixam a informação errada online, a idéia é deixar nosso texto sempre o mais "redondo" possível, evitando na medida do possível qualquer erro. O que eventualmente pode ocorrer, dado o volume de texto diário do UHQ, e não há problema em admitir isso.
Abraços

Anônimo disse...

Sobre erros de tradução, insta citar a história Deadgunfighters do Planetary (Planetary #3). A tradução nacional, pura e simplesmente, MATA a obra-prima que é o diálogo final da história. Aquilo ali sim é um absurdo, já que quem não leu o original, por conta da tradução tosca, não terá dimensão da qualidade do diálogo daquela página final.

Ivan disse...

O UHQ TEM SIM que mostrar os erros de portugês que aparecem nas revists resenhadas pelo (nem tão) simples motivo de que aquela leitura será a base de muitas outras. Explico melhor: eu, pelo fato de não mais confiar no que está sendo impresso, não sei mais se estou mesmo diante do Português que deve ser realmente escrito, ou seja aquele Português Gramatical e chato que fingimos aprender na escola e não aplicamos no nosso dia-a-dia! Eu tenho uma boa noção de ortografia graças às inúmeras histórias em quadrinhos que li durante toda a minha vida, mas não sei se seria bom entregar uma história em quadrinhos à minha filha esperando o mesmo resultado.
Aliás, quando a matéria sobre a Edição Definitiva de Watchmen foi lançada eu conferi 12 daqueles erros, um por um e fiquei triste pois já tinha percebido alguns deles previamente e, como paguei caro por ela, gostaria de um pouco mais de comprometimento com relação ao produto que estão lançando e deixá-lo com mais QUALIDADE!

Sidney Gusman disse...

Carlos, Antiguidade não tinha trema mesmo.

Hunter, eu só pego uma folha pra anotar erros quando aparecem coisas bizarras em quantidades que me incomodam. Nem dói, sabia? E te garanto que não preciso de ajuda psicológica, mas parece que tem gente precisando mais de sexo, pra ficar “chorando” tanto por algo que, como disse o Nasi, ninguém te obriga a ler.

E com que base você diz que a Panini não vai arrumar os erros? Só o fato de a editora agora ter um bom revisor é sinal de que as pancadas no UHQ valeram a pena, sim.

Você disse, por exemplo, “outra lista de erros?”. Qual foi a última? Pode me informar? Essas listas só aparecem nas minhas resenhas quando merecem ser publicadas. Caso contrário, quando a quantidade é ínfima e são erros que acontecem, não há rol, só menção a uma ou duas.

E o que você acha ou deixa de achar, na boa, não me importa. Você deveria se preocupar mais com os textos que escreve para um site teoricamente concorrente. Ficar palpitando nos nossos, pra mim, é antiético.

Mesmo assim, agradeço a sua audiência ao Universo HQ.

Se eu tivesse listado dois ou três erros, como você sugere, acha que eu teria base para tirar meio ponto da resenha? Qualquer um poderia dizer “Viu? Falou que tem erros, mas não apontou.”. Aqui, meu caro, a gente mata a cobra e mostra!

Allan, você está corretíssimo. Todas as manhãs eu reviso o Universo HQ e pego, sim, vários erros, que rendem até broncas internas. Hoje, infelizmente, estive em reunião a manhã toda e esse trabalho atrasou. Mas agradeço a preocupação. Acho isso ótimo, pois só ajuda a aumentar a qualidade do site.

peprpipc disse...

Caramba, tem gente nervosa!

Eu sou estudante de Letras e posso dizer o seguinte: tem gente falando e escrevendo mal porque algumas pessoas insistem em 'glamourizar' formas incorretas de escrita, seja pela internet ou outro veículo. É prejudicial para a formação de quem ainda está se alfabetizando. Não é ‘loco’ ou ‘da hora’ digitar “naum” em vez de “não” nem “vc” em vez de “você”. Entendem o que quero dizer? São manifestações da nossa língua, é lógico. Tudo bem. Mas existe hora e lugar para tudo.

Eu adoraria, por exemplo, emprestar meus scans para meu sobrinho. Mas eu só complicaria a situação dele, pois o moleque já tem tanta dificuldade em aprender a escrever corretamente... Pode parecer frescura, eu sei. Meu sobrinho nem ligaria pros erros, eu sei. Mas cometeria os mesmos erros de muitos por aí: ignorar a escrita correta. Podem não sentir os efeitos agora, mas depois, na fase adulta, vão sentir. Será que custa escrever corretamente? Os erros que foram apontados pela resenha de Watchmen, por exemplo, são considerados graves em certas situações. E não foram cometidos por piratas que produzem scans! Foram cometidos por EDITORAS! Se o povo não respeitar nem a língua que utiliza, como é que vai respeitar alguma coisa nesse país?

peprpipc disse...

E que venham as críticas agora... hehehe

Hunter disse...

Oi Sidão,

Na verdade já houve diversas listas de erros desse tipo em resenhas anteriores, mas eu não fico anotando quais foram nem pretendo revirar o site atrás delas. Mas são recorrentes o bastante para eu já as ter visto diversas vezes.

E da mesma forma que os erros te incomodam, me incomodam essas listas. Não o bastante para eu me queixar toda vez que aparecem, mas o bastante para eu apitar quando aparece uma em uma resenha que merecia uma análise melhor em outros fatores.

E eu não disse que a Panini não corrigiria os erros, disse, e está logo acima para todos verem, que "(...) a Panini NÃO vai usar o UHQ como base quando fizer uma nova edição, (...)".

Não acho que seja pretensão minha afirmar isso.

E eu atualmente só escrevo muuuuito ocasionalmente para o Omelete, se eu venho aqui dar pitaco é como leitor fiel do UHQ mesmo. E pode acreditar que se eu mando comentários é porque eu GOSTO do trabalho de vocês no UHQ. Se eu achasse ruim, não falaria nada e simplesmente nunca mais visitaria o site.

Um abraço,
Hunter (Pedro Bouça)

Sidney Gusman disse...

Pois é, Hunter, mudando o ditado um pouco: "Quem escreve o que quer, lê o que não quer".

Não sou afeito a ficar levando pancada sem revidar.

Essas listas de erros saem mais costumeiramente nas minhas resenhas, pois mesmo sou um chato com o português. E me orgulho disso, pois sei que as editoras passaram a se preocupar com esse "detalhe" após levarem tantas bordoadas no UHQ. E o fato é: a qualidade da revisão melhorou. Na Panini inclusive.

E, apesar de você não ter mencionado isso, mencionei isso em outras resenhas e nessa mesma do Watchmen, antes de apontar os erros.

Como já escrevi, a lista dos erros, para mim, é justificável para tirar o meio ponto que da resenha, algo que jamais imaginei que faria numa edição de Watchmen.

Por fim, tenho certeza de que, caso a Panini reimprima Watchmen com a nova ortografia, todos os erros que apontei (e outros que OPTEI por não incluir no texto por serem menos relevantes) serão, sim, corrigidos.

Charles disse...

O UHQ vem há anos sendo eleito melhor site especializado em HQ´s. Assim, é referência pra indústria, e deve analizar os materiais de forma plena e imparcial, o que tem feito.

Os erros devem ser sempre mencionados e descricionados, quando excessivos, até como base argumentação, como o Sidney falou. Mesmo porque, além desses erros "estéticos", que apenas enfeiam a leitura, uma revisão mal feita abre portas para erros grotescos que até mesmo mudam o sentido do texto.

Engraçado é, que há alguns anos eu era um que ficava enraivecido com essa chatice de ficarem apontando erros ortográficos. Principalmente quando era alguma hq da qual eu havia gostado. Imaturidade. há-há

E mesmo hoje apoiando esses apontamentos, não são todos os que leio, depende do meu humor. E definitivamente, eu não os leria se isso me deixasse vermelho, pulando na cadeira e pondo ovos de tanta raiva.

Shine disse...

Sidão,

Antigüidade está correto (até a reforma ortográfica se impor).

Segundo o Aurélio,

antiguidade
[Do lat. antiquitate.]
S. f.
1. Qualidade de antigo: 2
2. Período histórico iniciado com as mais antigas civilizações e que se estende até a queda do Império Romano do Ocidente (séc. V): 2 2
3. Os povos, os homens desse período: 2

[Ger. com cap., nas acepç. 2 e 3.]


4. Restr. A civilização greco-romana.
5. O tempo de serviço (num cargo, função, profissão): 2

[Var.: (bras.) antigüidade e (lus.) antiguidade (u-i).]

Ou seja, no Brasil, Antigüidade é uma variação de Antiguidade.

Shine disse...

Quanto a Clube da Luta, a legenda é horrível mesmo.

Erros de português, tradução etc.

É tão ruim que eu prefiro ver sempre legendado. Eu tenho o dsico simples. A versão dupla também é assim?

P.S.: Sidney, e sobre a tradução de Watchmen, o que você achou? Ia comprar no sub, mas o pessoal lá tá detonando a nova tradução...

Sidney Gusman disse...

Shine, a tradução não tem tanta diferenças em relação à versão da Via Lettera (que talvez tenha sido pouco lida por quem está criticando).

Tem pequenos problemas, mas que, a mim, não "gritaram" tanto.

Sobre o Antiguidade, é sem trema mesmo. O que o Aurélio faz é apenas registrar palavras, sem dizer se é certo ou errado.

Tanto que, em revistas informativas, como Veja, Época, SuperInteressante etc., você jamais vai achar Antiguidade com trema.

E olha que eu sou "tremista" e estou triste com o fim do trema!

Abraço

Leonardo Pinheiro disse...

Eu apoio o UHQ nesse trabalho de observar os erros das edições nacionais. Embora os erros tenham diminuído, ainda há muito desleixo com nosso querido idioma português. Há casos onde se tem a impressão de que ninguém sequer leu a edição antes dela ir para a gráfica, pois há erros muito fáceis e óbvios de serem observados. Para mim, é desmazelo que vem da má-vontade de revisar.

E o caso de Watchmen é ilustrativo. Aliás, eu achava que um dos motivos da demora no lançamento era porque a Panini queria fazer uma edição perfeita tanto no acabamento gráfico quanto no texto. Conseguiu só no primeiro caso. Num ábum desses, a atenção ao texto obrigatoriamente tem que estar no mesmo nível da atenção dada ao acabamento gráfico, mesmo que a história que se esteja publicando não mereça tanto requinte. O meio ponto que o Sidney cortou é justo e vai para a conta da Panini.

Denys Martinho disse...

Os erros de tradução, eu até compreendo. Afinal todos erramos.

A adequação ao vocabulário usado na comunicação verbal, também é mais fácil de aceitar.
Imaginem um marginal numa estória do Aranha falando: "Poderia passar sua bolsa senhora" no lugar de "Passa a sacola tia ou te encho de azeitona". O uso de gírias acaba validando a representação da linguagem verbal a qual o balão de dialogo é a maior expressão.

Mas o que me irrita mesmo e a mania dos editores de optarem por termos e gírias que só atendem a uma área específica do país.
Ou será que só eu é que morro de rir ao ver nos diálogos do Wolverine: "Qual é a treta mano?", ou o Deadpool xingando: "ô lôco meu! Essa última rajada doeu demais".

Será que as editoras e seus editores responsáveis acham que essa estórias se passam em São Paulo???

Teriam eles a pretensão de achar que todo o Brasil "fala" do mesmo modo???

Ou será que eles fazem parte de uma conspiração a lá Ilumminati que tem por foco principal fazer que todos os leitores de quadrinhos em português falem como paulistas.

Orra meu, não tô ligado na desses manos não. Se pararem no farol passo com a minha magrela por cima!

Eduardo Roque disse...

D fato, dar 120 pratas numa dita "versão definitiva" e achar essa quantidade d erros é inaceitável. Melhor reler d graça a versão q já tenho e deixar os extras q seriam motivação d comprar esse encadernado p/lá

Von DEWS! disse...

Erros sempre devem ser apontados, ainda mais numa edição que se diz "definitiva".
Não faço letras como o Peprpipc, mas também acho que há uma banalização da língua portuguesa. De um lado os professores não sabem mais ensinar, e do outro os alunos não sabem (e não querem) aprender. Aí, quem escreve certo acaba sendo o errado. Já passei por situações de ser repreendido por tentar corrigir um erro...
Se não houver gente para apontá-los, daqui a pouco, esses erros se tornarão o certo.
Quanto às legendas, com certeza, as traduções "piratas" são bem superiores às oficiais. Nos scans ainda não, mas tem gente trabalhando pra melhorá-las. =)