29 fevereiro 2008

Melhores e piores de fevereiro

E lá se foi fevereiro! A exemplo do que fizemos em janeiro, segue o que cada integrante deste blog leu de melhor e pior no mês. Ah, o Naranjo pediu desculpas, mas ficou de fora da lista desta vez.

Vale esclarecer que não precisa ser um lançamento do mês corrente, é só pra dar uma idéia pros nossos leitores.

Serão três (ou mais) indicações para os melhores (não necessariamente em ordem de preferência) e uma ou duas pras piores.

Divirta-se!

Muito legal este álbumSidney Gusman

Melhores: Justiceiro - Bem-vindo de volta, Frank (Panini), O Fotógrafo – Volume 2 (Conrad), Samurai Executor # 8 (Panini) e Usagi Yojimbo - Daisho (Devir)

Pior: Batman & Spirit (Panini)

Só europeus na lista do CodespotiSérgio Codespoti

Melhores: Les Tours de Bois-Maury - Vol. 1 Babette, de Hermann (Glénat), Dans la colonie pénitentiaire, de Franz Kafka, de Sylvain Ricard e Mäel (Delcourt) e Samurai 3 - Le teizème prophète, de Di Giorgio e Genêt (Soleil)

Pior: Haute Securité # 1, de Gihef, Callède e Kathelyn (Dupuis)

Esta coleção é mesmo sensacionalMarcus Ramone

Melhor: O Melhor da Disney - As Obras Completas de Carl Barks # 32 (Abril)

Pior: Marvel Action # 13 (Panini)

Eis um belo álbumEduardo Nasi

Melhores: O Fotógrafo - Volume 2 (Conrad), Fraise et Chocolat 2 (Les Impressions Nouvelles) e Pride of Baghdad (Vertigo)

Pior: Batman # 63 (Panini)


É aqui que o Capitão América bate as botasZé Oliboni

Melhores: Quarteto Fantástico - A gente costumava ir pro hiperespaço só para comprar rosquinhas, publicada em Universo Marvel # 30 (Panini), Novos Vingadores # 48 (Panini), principalmente pela história da Wanda, e Novos Vingadores # 49 (Panini)

Pior: Crimes de Guerra, do Pantera Negra, em Marvel Action # 12 (Panini)

Sem trocadilho, uma edição matadoraGuilherme Kroll Domingues

Melhores: Justiceiro – Bem-vindo de volta, Frank (Panini), Tom Strong - A Invasão das Formigas Gigantes (Pixel) e Peanuts # 1 (L&PM)

Pior: Blade # 1 (Panini)

Quando Os Invisíveis voltarão ao nosso mercado?Delfin

Melhores: The trouble with Girls (Malibu Comics) de 1988/89 cuja primeira edição saiu aqui em Almanaque Supertitãs, da Nova Sampa, The Invisibles – Volume 7 (Vertigo) e Tom Strong - A Invasão das Formigas Gigantes (Pixel)

Pior: Guerra Civil # 7 (Panini)

Quem disse que crossovers são sempre uma porcaria não leu esteRicardo Malta Barbeira

Melhores: Planetary e Batman - Noite na Terra (Pixel), A volta de Ubaldo, o paranóico (Geração Editorial) e Pixel Magazine # 10 (Pixel)

Pior: Planetary e Liga da Justiça - Terra Oculta (Pixel)

4 comentários:

Jader Botinha disse...

Só prá lembrar que um dos volumes indicados por Sérgio Codespoti (Les Tours de Bois-Maury - Vol. 1) tem uma edição em português (de Portugal), lançada há uns 15 anos atrás pela Meribérica-Liber. Se é fácil de achar, eu não sei, mas que tem na minha estante, tem.

Emerson disse...

Eu tenho o volume 2. Material muito bom.

Martina disse...

Li esse trecho da HQ do David B e qria saber se vcs sabem onde acho mais trabalhos dele.

http://mtv.uol.com.br/drops/drops.php?id=34471

Pedro disse...

David B. é gênio!

Agora, fora Epiléptico (cujo segundo e último volume deve estar saindo no Brasil agora pela Conrad), você não vai encontrar material dele em português - ou mesmo em inglês - por aí não. O resto da obra do cara está só em francês, mas tem muito material bom!

Eu escrevi um post sobre ele no meu (ultra-desatualizado) blog, lá eu falo sobre duas das obras que mais me impressionaram do material recente do autor:
http://euroquadrinhos.wordpress.com/2007/06/07/palestra-com-david-b/

Hunter (Pedro Bouça)