22 novembro 2006

The Spirit e Frank Miller

Não dá pra duvidar: Miller é “o cara” quando se trata de HQs.

É responsável por obras de inquestionável qualidade e enorme influência no gênero: O Cavaleiro das Trevas, 300 de Esparta, Ronin, além de sua marcante passagem pelo Demolidor e tantos outros personagens e histórias.

Também tem enorme mérito na parceria com Robert Rodriguez numa das mais bacanas e fiéis transposições de quadrinhos já feitas: Sin City.

Portanto, fiquei animado com a informação que ele seria o responsável por colocar um dos grandes ícones das HQs no cinema: o Spirit, do imortal Will Eisner.

Mas eis que surge a imagem abaixo. Algo como o Spirit visitando Sin City.

Não gostei. Desde quando o personagem é "bombado"?

Baixou um Marvin no Spirit?

5 comentários:

Marcos disse...

Boa Marcelo... Pensei que só eu tinha achado o "cartaz" da adaptação de Frank Miller para O Spirit com defeito. Aliás, achei foi ruim mesmo. Desconto até a referência a "Sin City", mas essa arte de Miller lembra muito os "rabiscos" desleixado de "O Cavaleiro das Trevas 2" - ressalto que é a parte 2, longe da obra-prima original - uma das maiores decepções da minha vida de colecionador de quadrinhos.

FÁBIO MACIEL disse...

Se bem que o Spirit do Eisner não era nenhum magricela...

Anônimo disse...

Os desenhos do Darwin Cooke são excelentes, seguem o estilo do Eisner, esse aí do Miller está bem feio mesmo!

Eric disse...

Acho que foi o vento que encheu a camisa do Spirit e fez ele parecer mais fortão. Reparem na gravata. Acho que o ângulo também ajudou.

Marius disse...

Com todo respeito ao Miller, mas esse desenho ficou feio pra c%$!@%%$@#!
Só falta agora a Nancy ou Marv aparecerem no filme >_<