21 agosto 2009

Panini assume selo Vertigo

Agora é oficial!

A Panini vai publicar as linhas Vertigo e WildStorm no Brasil.

A informação foi divulgada pelo Blog dos Quadrinhos e confirmada em seguida, via Twitter, pela editora.

De cara, serão lançados encadernados de Y - O Último Homem (de novo, do começo - a série já saiu pela Opera Graphica e Pixel) e ZDM - Terra de Ninguém, como a Panini rebatizou DMZ, que saía na Pixel Magazine.

Segundo foi divulgado, haverá também uma revista mix chamada Vertigo, composta pelos títulos Scalped, Neverwhere, Hellblazer, Northlanders e Sandman Presents: The Tessaliad.

A Panini ainda não se manifestou a respeito de títulos como Preacher, Fábulas, Sandman e outros.

12 comentários:

Anônimo disse...

acho q dentro do panorama no Brasil de publicacao de hqs, é a melhor noticia possivel

Fabio disse...

será que agora vai?

Pedro - Niterói-RJ disse...

Com relação a títulos como Preacher, Fábulas, Sandman e outros.. A Panini colocou no blog da Wizmania:

"Nos próximos meses, a Panini Comics ainda tem engatilhados outros especiais pra deixar qualquer fanático pela nona arte roendo as unhas de ansiedade: Ex Machina, Frequência Global, Fábulas, Preacher (a partir do Vol. 7). Todos eles planejados ainda para 2009!"

fiquei muito feliz, acho que a Panini fará um trabalho legal com o selo Vertigo. agora revista de mix mensal eu não compro mais. Só encadernado. pelo menos passa um pouquinho mais de segurança.

Só não gostei de uma coisa. Colocar ZDM ao invés de DMZ é muito esquisito.

Abrçs,
Pedro - Niterói-RJ

Cláudia Dans disse...

Será que agora poderei comprar o Y - O último homem do primeiro ao último número?

Rafael disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Calouro disse...

Vertigo sempre é dez! Agora, o retrospecto da Panini em não terminar títulos deixa qualquer um com a pulga atrás da orelha... !

Anônimo disse...

Já considero a melhor notícia do ano! Estou com as melhores espectavas possíveis, e já parabenizo a Panini pela iniciativa. : )

Agora como é de conhecimento de todos a Panini anda com uma visão editorial bem complicada para os encadernados para livraria: o investimento em luxo.

Definitivamente encadernados custando R$ 70,00 ou mais é um preço exorbitante para a maioria dos mortais como eu.

Portanto torço para que a editora tenha bom senso, e publique os encadernados e a mensal, com preços acessíveis, como já faz com a maior parte da linha Marvel/DC.

Ainda mais considerando que esse material já não é tão popular como os heróis...

Hunter disse...

Legal, agora essas séries poderão não vender por mais uma editora.

Material europeu, que também vende pouco, ninguém publica...

(Verificação: lyinduud. Mentiroso em inglês?)

Hunter (Pedro Bouça)

Fabio disse...

Só lembrando que a Panini lançou o primeiro número de "Ex Maquina" em 2005 e depois ficamos a ver navios até ano passado quando a Pixel retomou o título...

Acho a Panini uma editora com uma boa colocação no mercado e boa linha editorial, no entanto até hoje não foi lançado a segunda parte de "Lodoss War: A dama de Pharis"... estão enrolando desde 2008...

E outra, não sei o que é pior, re-começar a lançar uma série do zero e ter poucas vendas ou continuar de onde outra editora parou e correr o risco de ter pouca aceitação... ex: tenho fábulas por 2 editoras diferente... o primeiro volume é da Pixel, o segundo e terceiro da Devir...

Será que não seria melhor lançar títulos novos e depois ver se recomeça ou dá continuidade para outros títulos?

Ou então quando vão parar com essa putaria de ficar passando títulos de mão em mão? não precisa ser gênio para saber que uma única editora no Brasil não dá conta de toda a linha Vertigo... agora, a cada 2 ou 3 anos passar os títulos para outra editora é f*#@... Quando há tempo hábil é feito um bom trabalho, vide Sandman com a Conrad... depois foi a Pixel pegar os direitos e só atrapalhou... os primeiros volumes da Conrad esgotaram, e a Pixel mal utilizou a série... não teria sido melhor deixar os direitos de Sandman com a Conrad? A Pixel não teria gastado dinheiro atoa (pois duvido que conseguiram retorno satisfatório com o que conseguiram vender de Sandman), e a Conrad poderia re-publicar os números que esgotaram...


Isso tudo pra falar que se a política de troca-troca continuar dificilmente vamos ter esses bons títulos da Vertigo finalizados por aqui tão cedo...

Eduardo Roque disse...

Excelente notícia! Ñ querendo dar 1 d advogado do diabo mas a Panini ainda ñ deixou furo do tipo dizer "Ñ vamos + publicar!" exceto nos europeus e "Ex Machina" por motivos contratuais. É esperar p/ver.
Agora, a galera q chorou pela Pixel tem q parar d mimimi e prestigiar a parada por q c ñ vender é claro q ñ vão lançar + d 1/2 dúzia d coisas e parar.
Mas e da ABC, nada???

Guilherme disse...

Boa notícia, mas ainda quero esperar pra ver o resultado.

Torço para que dê certo.

Rodrigo Ramos disse...

Só me assusta essa palavrinha "luxo" no meio de tudo. Será que não aprenderam com os erros das outras editoras? E essa história de mudar o mix? Poxa! A outra editora possuia um mix muito bom e não foi pelo mix que ela faliu. Faliu pq quis abraçar o mundo! DMZ e Hellblazer deveriam estar juntos pelo menos!

Sei lá, aprendi a esperar o pior para a Vertigo no Brasil. Não sei pq...