17 agosto 2009

HQ Mix - O que você achou?



Hoje pela manhã, foi divulgada a lista dos vencedores do 21º HQ Mix.

Sem enrolação: queremos saber a sua opinião.

Use os comentários para falar a respeito dos vencedores, das categorias, do que você gostou e do que discorda.

(E só lembrando: sexta o Universo HQ fará a cobertura da cerimônia de entrega pelo Twitter.)

25 comentários:

Pablo Correia disse...

Quem da Pixel vai ter coragem de ir lá pegar os prêmios por 100 Balas e Promethea?

alexandre disse...

indicar angeli é a mesma coisa que indicar laerte.

esses caras são mais instituições do que concorrentes.

uma metade dos ilustradores segue o traço do laerte, a outra, do angeli.

Sidney Gusman disse...

Eu fiquei triste por O Cabeleira, pra mim, a melhor HQ nacional de 2008, não ter ganhado nenhum troféu.

E O Pequeno Príncipe (do Joann Sfar) sem prêmio algum, pra mim, é outra injustiça. Era, disparada, a melhor adaptação.

Mas talvez nem todos os votantes tenham lido. Uma pena.

Outro que levou meu voto, mas não o troféu, foi Os Leões de Bagdá. Na minha opinião, a ótima 100 Balas não teve regularidade pra justificar sua vitória.

Pra mim, Os Leões de Bagdá foi indicado na categoria errada. Deveria estar em Edição Especial Estrangeira; e não Publicação de Aventura, Terror e Ficção.

Graffiti 76% Quadrinhos disse...

Como sempre, acho o HQ Mix sensacional, por ser o principal incentivador e o maior reconhecimento público ao que se produz de quadrinhos no Brasil.

POrém, acho que deveria haver um jeito, um mecanismo, que fizesse com que TODOS os votantes lessem TODO o material a ser votado - porque não tem jeito mesmo de ler tudo, a não ser que você seja o Sidão.

Ou, então, que os votantes fossem divididos entre categorias, ou estilos - super-heróis, independentes nacionais, charges e cartuns, sei lá...

Graffiti 76% Quadrinhos disse...

Foi mal, não assinei meu comentário: Fabiano Barroso

Olinto Gadelha Neto disse...

Fiquei muito feliz pelo Hemeterio ter levado Desenhista Revelação. E obviamente contente pela minha premiação.

Concordo com o Sidney, "O Cabeleira" é um livrão! O desenhista Allan Alex é um monstro de talento e seu nome fez falta na lista de indicados. Os roteiristas estavam na mesma categoria que eu e não teria ficado surpreso se tivesse ido pra eles.

Como não estou triste pelo "Mesmo Delivery" de Grampá ter ficado com Edição Especial ao invés do Chibata! Merecido. É outra obra genial, que dá muito gosto ler.

Discordo: acho a tira "Quase Nada" dos irmãos Bá e Moon um arraso, merecia o reconhecimento em sua categoria. Também não entendi o critério do prêmio de Articulista, que poderia ter ido para alguém que se dedica à atividade diariamente, como, entre tantos outros: Télio Navega ou Paulo Ramos.

A vigilância e dedicação do Paulo no episódio do "10 na área" por si só já merecia um troféu e fico feliz que o Blog dos Quadrinhos recebeu uma homenagem.

Ellygori disse...

Sidão, tens absoluta razão sobre 100 Balas. Nem sequer deveria está concorrendo, pois era material velho que a Opera publicou e ganhou os HQ Mix de 2001 e 2003 justamente por isso! Ou seja: estão premiando a mesma história/revista 2 vezes!!! E eu acho que o trabalho da Opera foi bastante superior!

Eduardo Roque disse...

Justiças e injustiças à parte, visto q o critério dos votantes é apenas "gostei" ou "ñ gostei" achei sacanagem o UHQ ñ ter sido premiado

Diego M. Gomes disse...

É... acho que vai ser unânime! 100 Bals da pixel não merecia esse troféu nem a pau. Pra mim deveria ser "Os leões de bagdá" na cabeça.

Rafael disse...

pelo twiter nãããããããão.......

Vini (Visentini) disse...

Eu votei em Os Leões de Bagdá na categoria Edição Especial Estrangeira.
Acho que o problema desse prêmio ainda são as afinidades dos concorrentes aqui no Brasil. Outra coisa é que a maioria não lê tudo q sai e vota por simpatia ou nos "carne de vaca" de todo ano. Acho que o leque de indicados deveria aumentar quando publicado nas mídias especializadas...
Agora, me digam uma coisa, a FNAC pegar prêmio por contribuição às HQs?!? Não entendi isso.

Sidney Gusman disse...

Olintho, só concorreu ao prêmio de articulista quem se inscreveu. Ou seja, quem mandou artigos pra comissão do HQ Mix.

Dos integrantes do Universo HQ, apesar de termos vários candidadtos em potencial, ninguém enviou.

O Paulo e o Telio não sei se se inscreveram.

E o julgamento foi feito por jornalistas e membros da comissao do HQ Mix.

Eduardo, o Universo HQ ganhou o HQ Mix 8 anos seguidos. Seria hipocrisia dizer que não queríamos vencer mais este, mas ao menos perdemos para alguém que faz um bom trabalho.

E com a mudança da comissão do HQ Mix, que decidiu colocar 3 campeões (UHQ, Blog dos Quadrinhos e Mundo dos Super-Heróis) numa mesma categoria, era esperado que a concorrência ficasse mais acirrada.

Justa ou não, essa foi a decisão da comissão do HQ Mix. Só podemos acatá-la e dar parabéns aos ganhadores.

SObre os votantes, escrevi hoje no Twitter: tenho certeza de que há campeões deste ano que tiveram mais votos do que revistas vendidas.

Infelizmente, vota-se muito por afinidade ou porque este ou aquele é nacional, esquecendo da qualidade. Isso é incontrolável. E é uma pena.

Rodrigo Galhano disse...

Henrichon perdeu o prêmio de melhor desenhista estrangeiro pro Liniers? Da pra levar um concurso desse a sério?

Sidney Gusman disse...

Uma das coisas que estranhei este ano (e falei isso pro autos da revista, Daniel Esteves, na semana passada) foi NINGUÉM da comissão ter notado que a Nanquim Descartável concorreu e ganhou em categoria ERRADA.

Trata-se de uma publicação de grupo, pois o Daniel escreve e outros artistas desenham. Tanto que, em 2008, a revista concorreu (e perdeu) como Publicação Independente de Grupo. Veja aqui: http://www.universohq.com/quadrinhos/2008/n26052008_13.cfm

Este ano, a classificaram, erradamente, como Publicação Independente de Autor. Pior: ela não foi a única. Na lista estão a Penitente e a Tempestade Cerebral, que são produzidas por mais de um quadrinhista. Veja aqui: http://www.universohq.com/quadrinhos/2009/n07052009_11.cfm

Como falei pro Daniel, a indicação foi pra categoria errada, a comissão errou e ele poderia ter dado um toque para que corrigissem.

Rafael Albuquerque disse...

Acho que a PowerTrio também concorreu numa categoria errada, Publicacão Mix. Não é mix, é uma história única, contada e desenhada por tres autores. Acho que era pra ser Publicacao Autoral de Grupo. Enfim, nao acho que faça muita diferença também, mas fica a observaçao.

Heitor disse...

Alguns comentários:

* O fato de 100 Balas ter ganho um prêmio é reflexo evidente de que mais gente pôde ler o excelente trabalho de Azzarello e Risso. E uma prova de que a distribuição da Opera era falha.

* Rafael Grampá mereceu sem dúvida o prêmio de desenhista. Mas Mesmo Delivery, como álbum, é bem fraquinho. História em quadrinhos tem que ter roteiro bom também, né?

Bração,
Heitor

esteves-hqemfoco disse...

Sobre a indicação da Nanquim Descartável, ano passado a revista que ganhou nessa mesma categoria foi a Menino Caranguejo, feita por um grupo de 4 autores. Era um grupo fixo de autores, assim como de outras revistas que concorreram nessa mesma categoria.

Quanto a Nanquim Descartável, ela é feita em parceria com uma série de desenhistas, alguns deles inclusive acham certa essa classificação como independente de autor, pelo fato das personagens serem minhas, eu editar, etc. Um exemplo é o Laudo, que está participando da nova edição da revista. [a ser lançada no HQMIX]

Sem querer me comparar com o Neil Gaiman, que fique registrado que é só um EXEMPLO, o Sandman não pode ser considerado um quadrinho de autor? Mesmo tendo vários desenhistas participando, a personagem é uma criação do Gaiman.

Todos os desenhistas que participam da Nanquim Descartável são parte dela e tenho muito a agradecer por terem colaborado com a revista e com certeza parte desse prêmio vai para eles, mas entendo a lógica utilizada para a classificação da Nanquim nessa categoria.

abraços,
daniel esteves

Sidney Gusman disse...

Daniel, desculpe, mas lá em São Carlos, semana passada, ao vivo e em cores, você me disse que considerava um erro a indicação nessa categoria.

Abraço

Sidney Gusman disse...

Ah, e a do Menino Carangueijo foi outro erro. Esqueci de comentar. Bem lembrado.

Sidney Gusman disse...

É... Daniel, então, eu e o Diego entendemos errado. Você não foi mesmo claro.

Mas, pra mim, persiste o erro na indicação. Eu ainda integrava a comissão do HQ Mix quando essas categorias independentes foram criadas e lembro bem que, NA ÉPOCA, a justificativa dada era que seria para premiar autores que faziam SOZINHOS suas edições.

Talvez as coisas tenham mudado desde a minha saída. Mas continuo achando a nomenclatura errada.

Aliás, acho errada essa divisão toda pra independentes. Não curto. Pra mim, é quase como se tivesse: melhor álbum de tiras de bolso e melhor álbum de tiras.

O nosso assunto lá COMEÇOU outro e, pra mim, era uma conversa particular - tanto que não a abri na internet.

Não vou repetir tudo que te falei, mas achei oportunista de sua parte colocá-la aqui.

Abraço

esteves-hqemfoco disse...

Bom, a intenção não era ser oportunista.
Estou apagando a parte que era da nossa conversa em off, que também pretendia manter fora dos comentários, porém você que citou a conversa antes.

Minhas motivações no mundo dos quadrinhos NUNCA foram oportunistas, falei apenas por estar dentro do assunto.

Segue abaixo o mesmo comentário que havia postado antes, mas sem a parte citada por você como oportunista:

"Eu não disse ao vivo e a cores que foi um erro. Se você entendeu isso peço desculpas por não ter sido claro.

Apenas ouvi sua opinião. E entendo que a indicação possa soar confusa para alguns. Mas não disse que considerava um erro. Errei ao não argumentar naquele dia, mas estava preocupado em conversar outra coisa com você. Como eu falei, até mesmo alguns desenhistas que participaram da Nanquim concordam com a indicação nessa categoria. Eu acho que a revista poderia se enquadrar em ambas as categorias, dependendo da forma como fosse vista. Assim como outras publicações na história toda do HQMIX já puderam ter indicação em mais de uma categoria que, supostamente, deveriam diferenciar as publicações.

Mas nosso assunto lá era outro, que tinha também a ver com o HQMIX. A minha preocupação ao conversar com você era outra."


Retomando o assunto, entendo sua crítica a indicação da Nanquim, quis apenas colocar outro ponto para essa questão.

obrigado,
daniel esteves

Sidney Gusman disse...

Daniel, o que citei de nossa conversa não era referente ao assunto entre mim e você. Era só uma opinião sobre o HQ Mix.

Como as várias opiniões pessoais sobre alguns vencedores do HQ Mix deste ano.

Não questionei a vitória da Nanquim, mas sim a sua indicação na categoria errada (pra mim).

Abraço

experimentando dedozuka disse...

Eu não encontro uma boa razão para premiar os que fazem tudo sozinhos, e olha que sou um deles, até grampear eu mesmo grampeio.

E daí que eu mesmo grampeio, entendem?

Achei o exemplo do Sandman do Esteves perfeito.

Das revistas com distribuição gratuita que receberam ajuda do governo, tem uma que todo roteiro foi feito por uma pessoa (sobre ETs, o título me escapou da cabeça) e tem também a Subversos. Para mim a diferença é clara: a Subversos é de GRUPO, diversos roteiristas e diversos desenhistas, já no seu desenvolvimento é muito diferente.

experimentando dedozuka disse...

Aliás por nada não, mas porque cobertura do HQmix pelo Twitter?

Nem todo mundo twitta, tem limitação de caracteres, não tem correção/revisão (o que já causou diversas polêmicas desnecessárias por exemplo caso de sexo nos bastidores de GRey´s Anatomy, etc).

Enfim, vocês que sabem, mas não vou acompanhar pelo twitter não.

OBS: muito afinado com tecnologia não sou mesmo. Mas antes que me chamem de dinossauro atrasado, leiam: http://www.bluebus.com.br/show/2/91408/adolescente_escreve_sobre_habitos_de_midia_da_sua_geracao_leia_essa

Sidney Gusman disse...

Experimentando dedozuka, a cobertura rolará pelo Twitter por ser mais "instantânea". Vários eventos têm feito isso com bons resultados.

Resolvemos experimentar, pois muita gente segue o @universohq.