29 abril 2007

Síndrome da assinatura

ZorroTodo freqüentador de sebos já se deparou com a cena dantesca.

Ao encontrar “aquela” edição tão procurada, a capa da revista está com a assinatura de um de seus antigos donos!

Quase sempre, com letra de mão, feita por uma esferográfica BIC.

Mesmo que seja revista antiga, o dono do sebo costuma dar um bom desconto, nestes casos. Desanima comprar.

E qual seria a intenção do indivíduo que realizou o dito sacrilégio? Obter usucapião da revista? Mostrar que ela já teve dono? Alcançar a imortalidade?

Ninguém se importa. Só fica a certeza de que, se você tem alguma revista assim, na primeira oportunidade que encontrar um exemplar igual e não-autografado, vai comprar na mesma hora.

E faço agora um mea culpa: quando eu era moleque, simplesmente carimbava minhas revistas, com meu nome. Sorte que sempre na página interna.

Fala sério!

5 comentários:

Sidney Gusman disse...

Nara, só de lembrar quantas revistas antigas eu recortava (como não tinha grana para comprar bonecos dos heróis, o jeito era colar os de papel na cartolina pra brincar), dá um nó no estômago.

Arghhhh!

Odair disse...

Naranjo,
Eu não costumava assinar as minhas revistas, só assinei uma que foi a do Fantasma no Brasil. Daí resolvi apagar com borracha hehehehehehe. A capa ficou esfolada, mas meu pai comprou a revista um tempo depois e eu tenho duas: uma com a burrada que eu fiz e outra inteira hehehehe.

Agora tem uma coisa que eu fazia com as minhas revistas do Fantasma. Meu pai me deu um anel da caveira, daí eu pegava aquelas almofadinhas de carimbo, pressionava o anel e carimbava a marca da caveira em todas as minhas revistas do Espírito-Que-Anda. Sempre na primeira página interna.

Guilherme Kroll disse...

Minha tia me deu a coleção completa do Fantasma com TODAS AS EDIÇÕES assinada "Raquel" na capa. Meu, q sacrilégio.

Walter Benjamin diz q é pela aura. Mas é muito triste ter uma coleção toda rabiscada.

fabiano disse...

Cara, eu assino TODAS as revistas e livros que compro/ganho, sempre na página de abertura. Estarei desvalorizando minhas revistas?

Tem uma desculpa, porém: empresto bastante (para pessoas de confiança), e, na dúvida, basta conferir a assinatura.

Sandro disse...

O quê??? Assinar minhas revistas??? Nem pensar. Aliás, não preciso, pois não empresmo MESMO minhas revistas para ninguém. Então, não tem perigo delas se "extraviarem" por acaso... Sério agora, achar uma raridade e ver aquele risco na capa é de cortar o coração...