11 maio 2008

Os Sertões


Escrever sobre quadrinhos tem lá suas vantagens. Não é sempre, mas tem.

Há duas semanas, uma dessas vantagens caiu na minha caixa de correio eletrônico. Era uma versão quase finalizada do clássico monumental Os Sertões, do jornalista Euclides da Cunha, que está ganhando uma versão em quadrinhos com texto do Carlos Ferreira e arte do Rodrigo Rosa. O álbum vai fazer parte da mesma coleção da editora Agir, que já lançou O Alienista.

Eu já tinha visto um preview, a partir do qual fiz uma nota pro Universo HQ e do qual tirei a imagem acima.

Mas, desta vez, era a obra inteira, do começo ao fim.

Li neste fim de semana. Claro que não posso adiantar muita coisa. Mas acho que não tem problema revelar que o trabalho é surpreendente. E que consegue dar conta da magnitude de Os Sertões, sim, de um modo sério e denso.

Pois é: vem mais um álbum nacional de fôlego por aí.

8 comentários:

Ricardo Malta disse...

O preview já dava uma idéia de que sairia algo bacana. Agora é esperar.

Quanto ao lançamento, poderia sair junto com os Dvd's da peça do Zé Celso. Eheheh.

Luiz Sardinha disse...

Nunca me empolguei com adaptações de obras literárias para quadrinhos, mas a empolgação com que o Eduardo Nasi escreveu este post, e as imagens divulgadas me deixaram ansioso.

Eduardo Nasi disse...

Luiz, eu gosto especialmente de A Relíquia, adaptação que o Marcatti fez para o clássico do Eça de Queiróz. É um lançamento da Conrad.

Leia o review aqui: http://www.universohq.com/quadrinhos/2007/review_AReliquia.cfm

Luiz Sardinha disse...

não conhecia esse, nem a obra original nem a adaptação, vou procurar ler. Obrigado pela dica.

Cláudia Dans disse...

é, o Eduardo tb me deixou doida pra ler este álbum! rsrsrs assim fica difícil! eu estou com uma lista enorme de quadrinhos pra ler, todos indicados pelo Universo HQ! o jeito é passar a noite em claro lendo! rsrsrsrsr

Ah, esqueçi de dizer, Eduardo, parabéns pelo título de Homem Resenha! :)

Victor disse...

Será legal o dia em que alguém resolver fazer uma versão da obra máxima da literatura brasileira, "Grande Sertão: Veredas". Mas a responsa seria tal (a obra de Guimarães Rosa é incrivelmente complexa, e a qualidade de cada linha escrita é tão fantástica que qualquer corte para adaptar aos quadrinhos seria um grande sacrifício) que é melhor deixar a idéia só em sonhos por enquanto.
Mas nem é por isso que estou comentando. Na verdade gostaria de chamar atenção para o soberbo artigo do Ramone no UHQ, "Começa a nova era dos quadrinhos". Seria legal se as próprias notícias do UHQ pudessem ser comentadas logo abaixo, como no blog. Esse artigo daria pano pra manga.

Liber disse...

Estou com boas expectativas para esse novo álbum.

E concordo com o Victor. O artigo "Começa a nova era dos quadrinhos" do Ramone merecia ter uma versão publicada no blog para podermos comentar. É um artigo que suscita muitas reflexões e discussões.

Abs

Anônimo disse...

Gente, só a arte do Rodrigo Rosa vale a obra inteira.

Comprem, nem que seja só pra ler as figurinhas!

Wagner