07 fevereiro 2007

Causos do mercado de quadrinhos: "Qual é o seu veículo?"

Puxa, fazia tempos que não escrevia sobre este tema. Esta parece piada, mas aconteceu mesmo.

Quando que comecei a escrever sobre quadrinhos, em 1990, muita gente que entendia do riscado fazia a mesma coisa em jornais e revistas.

Num lançamento feito por uma editora da época, estavam vários desses colegas de profissão na fila de identificação. Foi quando rolou a cena.

A recepcionista teve o seguinte diálogo com o cara (que me reservo o direito de não divulgar o nome, até para preservá-lo do mico):

- Bom dia. Seu nome?

- Xis!

- Seu veículo?

- Um Gol!

Gol ContraClaro que a galera caiu na gargalhada, pois ele não fez de sacanagem com a menina, foi por pura distração mesmo (falou até o ano do Gol!). Nem percebeu que a moça se referia ao jornal no qual trabalhava.

Mas o figura ao menos garantiu boas risadas aos presentes e um lugar nos causos do mercado de quadrinhos.

3 comentários:

alexandre disse...

sonho de consumo é comentar quadrinhos em veículos como o fusquinha diário daqui da província, depois da labuta que só labuto para ganhar o dinheirinho das revistas.

é para as crianças, todo mundo sabe.

como não sou amigo do rei, paciência.

abro um blog e tá limpo.

Diego disse...

Pelo menos ele não falou que foi de metrô ou de ônibus 8-)

Lorde Lobo disse...

Hahahahahahahahaha!
Muito boa esta!
cara, poderia até ser escrito um livro sobre estes causos!
Aí, a gente (olha eu me metendo nessa! Pelo menos tô oferecendo meus traços...) poderia criar um personagem para protagonizar estas gafes! Que tal?!
Um livro ilustrado sobre os "furos" do mercado das HQBs...